quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Duas crianças abandonadas dormindo na calçada da rua Maurício Cardoso, no centro de Esteio "Cidade mais humana".


Em Esteio tem muita gente que quando vê uma criança abandonada dormindo na rua, não tenta ajudar avisando o Conselho Tutelar e ainda finge que não viu. Infelizmente é muito complicada esta situação, mas não da para ignorar. Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Crianças abandonadas. Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio. 
Duas crianças chamavam atenção de alguns, enquanto outros passavam direto sem nem dar conta. O fato é que elas estavam deitadas, dormindo na calçada da Rua Maurício Cardoso. Sujos, os meninos passaram a noite dormindo ao relento. Pareciam estar cansados e dormiram até o final da tarde de hoje, quinta (7).

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

As duas crianças pareciam tranquilas ali dormindo, sem o menor conforto, mas "despreocupadas". Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

A cena chocou quem passava pela rua Maurício Cardoso, centro da cidade na manhã e tarde desta quinta-feira (7). Imagens capturadas pelas lentes do clíck indiscreto do dia-a-dia.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Crianças abandonadas: Até hoje a maioria da população de Esteio não consegue entender de quem e a culpa. Será dos pais ou do governo? Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

O Poder Público de Esteio deveria montar um lugar especial pra dar assistência as essas crianças abandonadas, que estão a margem da sociedade e sem a menor perspectiva de uma vida melhor. Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Disparidade social: Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

Essas imagens certamente comovem a todos. São duas crianças que não tem culpa de estar ali e sabe-se lá se tem família. É um absurdo ver isso em Esteio. Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro da Cidade que quer ser mais humana.

Imagens capturadas hoje, quinta-feira, dia 7 de fevereiro de 2013, pelas lentes do clíck indiscreto, na Rua Maurício Cardoso, centro de Esteio.

O texto e as fotos refletem muito bem a preocupante situação de miséria e descaso em que vive pequena parte da comunidade esteiense e que o governo parece que não quer ver.


O ato de recolher as crianças das ruas ou as “abordagens” do Conselho Tutelar e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Esteio são excelentes, realizadas por profissionais zelosos e competentes, mas e depois? Depois, quase nunca obtém sucesso porque o município de Esteio “Cidade mais humana” não tem Abrigo, Casa de Passagem e Refeitório Popular para pessoas que estejam desabrigadas e carentes. As condições de trabalho dos servidores municipais, na maioria das vezes são precárias. Veja, por exemplo, nas postagens anteriores, o péssimo estado em que se encontra o prédio do Conselho Tutelar, meio interditado (Sic...).

Quando visito o lixão das barreiras em Esteio, ás vezes me deparo com crianças e adolescentes entre adultos catando lixo. Na zona central da cidade, encontramos diariamente,  crianças, adolescentes e adultos dormindo na calçada, sob viaduto, em baixo de marquise e na rampa de acesso a Prefeitura. É uma vergonha! Crianças, adolescentes e adultos vendendo ou mendigando, sendo usados das maneiras sórdidas e vis, diante do descaso da municipalidade e de alguns políticos, que preferem voltar as costas para um problema tão preocupante. Infelizmente, com essa atitude muitas crianças poderão se marginalizar por aqui, sob a frouxidão do Estatuto do Menor que, segundo especialistas, deixam as crianças na rua, quando coloca em nossas mãos o livre arbítrio duvidoso da opção ou não de se colocarem sob a tutela do Estado.



Em minha opinião, não se resolve o problema das pessoas abandonadas nas ruas de Esteio simplesmente deixando-as exatamente onde elas sempre estiveram; drogadas, desabrigadas, sujas, famintas, doentes, desempregadas e maltrapilhas, como resultado abjeto, Indigno, desprezível e ignominioso da incompetência e descaso da política de alguns maus políticos.


"Hoje eu quero paz de criança dormindo; E abandono de flores se abrindo..." (Dolores Duran).




2 comentários:

daiane pimenta disse...

esses dois guris nao sao abandonados eles tem casa e nao precisam estar na rua eles estao ai pq querem e pq esse municipio e os promotores nao fazem nada pra resolver eles ja foram enternados varias vezes mais nunca ficam muito tempo pra se recuperar bem pois o municipio nao compre com suas obrigaçoens e nao pagao as clinicas os meus subrinhos sao apenas 2 tem muito mais ainda na rua isso é uma vergonha quando vao fazer alguma coisa depois tao reclamando que tem muito ladrao pois é claro as pessoas nao nascem desse jeito eles ficao assim ainda mais quando nao tem ajuda vamos mudar isso aiiiiiiii chegaaaaaaaaaaaaaaaaa

daiane pimenta disse...

esses dois guris nao sao abandonados eles tem casa e nao precisam estar na rua eles estao ai pq querem e pq esse municipio e os promotores nao fazem nada pra resolver eles ja foram enternados varias vezes mais nunca ficam muito tempo pra se recuperar bem pois o municipio nao compre com suas obrigaçoens e nao pagao as clinicas os meus subrinhos sao apenas 2 tem muito mais ainda na rua isso é uma vergonha quando vao fazer alguma coisa depois tao reclamando que tem muito ladrao pois é claro as pessoas nao nascem desse jeito eles ficao assim ainda mais quando nao tem ajuda vamos mudar isso aiiiiiiii chegaaaaaaaaaaaaaaaaa